“Continuem a fazer festas, que eu vejo-vos no hospital”, desabafa médica nas redes sociais

Uma publicação de Thamine, médica no Brasil, tornou-se viral nas redes sociais por trazer uma forte mensagem de consciencialização relativamente à pandemia pela qual todos passamos.

A vida durante esta pandemia não tem sido fácil para nenhum de nós. Tivemos de fazer drásticas adaptações ao nosso modo de vida e contentar-nos com menos interação social e momentos especiais com quem amamos, para além de potencializar o cuidado com a saúde e adotar medidas de proteção que antigamente não nos passavam sequer pela cabeça.

A verdade é que existem pessoas mais em risco de sofrer com a COVID-19, como os profissionais de saúde, que trabalham diretamente com pessoas infetadas e, em muitos casos, convivem com o vírus no seu organismo. Para essas pessoas, o isolamento social é muito difícil de ser cumprido e elas podem até mesmo optar por se afastarem de suas famílias para não expô-las a essa realidade.

Recentemente, a médica Thamine Mesquita tornou-se viral nas redes sociais ao publicar uma fotografia com uma mensagem muito séria dedicada a todos que não cumprem as normas impostas pelas organizações de saúde para combater os surtos de contágio de coronavírus.

Foi através do Instagram que a jovem, que trabalha no Centro de Atenção Integral em Saúde de Campinas, Goiânia (Brasil), publicou uma imagem a fazer o número 3 com os dedos e a dizer: “Continuem a fazer festa, que eu vejo-vos no hospital”.

A publicação tornou-se viral e permitiu que a mensagem da médica fosse transmitida e interiorizada por milhares de pessoas, ao ponto de ela ter sido entrevistada pela imprensa local.

Em conversa com o G1, ela disse que a “situação está muito feia” e que “não é momento para fazer festas e esquecer a pandemia, que está a tirar imensas vidas”.

A médica acrescentou ainda que os profissionais de saúde sentem-se frustrados por não contarem com o apoio da população, que os chamam de “”heróis”, e que é muito mau ver pessoas sem máscara nas ruas, como se tudo estivesse normal.

Gato vai à praia pela primeira vez e detesta

Marido e mulher dormem em quartos separados há 11 anos