Cheirar puns faz bem à saúde, de acordo com um estudo recente

Soltar gases normalmente é algo constrangedor. Ainda assim, é uma ação completamente natural do corpo humano, que ocorre porque os alimentos que não foram completamente digeridos sofrem ação de bactérias ao chegarem ao intestino. A partir disso, criam-se gases que provocam a flatulência – os famosos “puns”, ou “peidos”.

E, acredites ou não, uma recente pesquisa descobriu que cheirar peidos pode prolongar a vida. Os invstigadores responsáveis pelo estudo afirmam que estes gases são capazes de combater doenças. Por isso, pode ser bom cheirar os puns do teu companheiro/a. Isto parece uma piada, mas não é…

A relação entre cheirar puns e ter uma vida mais saudável é muito simples. Estar exposto a estes gases tem o mesmo efeito que mudar repentinamente de hábitos. Por exemplo, é como iniciar uma dieta equilibrada, começar a praticar exercícios físicos ou abandonar um vício como cigarro ou bebida.

Os responsáveis pelo estudo afirmam que o grande herói é o sulfeto de hidrogénio, presente nos gases do intestino. Quando as células são atingidas por alguma doença, elas produzem uma enzima que gera doses de sulfeto. Esse é exatamente o componente que as mantém saudáveis e vivas.

Durante esse processo, conservam-se células muito importantes para o bom funcionamento do organismo. A produção de sangue aumenta e inflamações são controladas. Por isso, quanto mais mal cheirosos são os gases, mais sulfeto de hidrogénio será produzido. Por consequência, quanto mais inalares puns e quanto mais fedorentos eles forem, melhor para a tua saúde!

Comentários