O poço dos nomes

Um alentejano foi visitar a China.

Uma vez lá chegado, o homem visitou o Poço dos Nomes.

Dizia a lenda que quem estivesse prestes a ser pai deveria atirar uma pedra para o poço, e o barulho que a pedra fizesse seria então o nome do filho.

O alentejano aproxima-se do poço e vê um Chinês a atirar uma pedra, que faz: Chin-Chan-Yen.

O alentejano acha piada aquilo e vê outro Chinês a fazer o mesmo: Tin-To-Yan.

O alentejano não resiste e, como também ele estava prestes a ser pai, atira também uma pedra.

Conforme cai no poço, a pedra faz: Chim-Pan-Zé.

You may also like...