Falha tectónica no Quénia pode vir a separar África em duas partes

Esta situação está a tornar-se preocupante. Na última reunião de Conferência Climática das Nações Unidas, em Montpellier, foi dado a conhecer um problema em África que pode vir a dividir o continente em duas partes…

De acordo com especialistas, dentro dos próximos 50 mil anos os movimentos da Terra separarão África em duas partes, criando outro continente, e tudo devido a uma falha tectónica.

A fissura que já se abriu no Quénia é a prova de que tudo vai mudar daqui a milhares e milhares de anos: quando isso acontecer, cinco países – a Somália, metade da Etiópia, o Quénia, a Tanzânia e o norte de Moçambique – deverão ficar num continente isolado, criando-se uma nova bacia oceânica.

A separação deverá acontecer ao longo do Vale da Grande Fenda, no leste de África, que se estende ao longo de 3.000 km, desde o Golfo de Áden, na costa somali, a norte, até Moçambique, a sul.

As coisas estão a mudar.

You may also like...